terça-feira, 5 de maio de 2015







endular


O pêndulo rasga em uníssono nosso espaço e nossa indizível distância
Suspenso, resto inerte no intervalo que nos afasta e nos envolve