domingo, 30 de agosto de 2015




elopeia



Incerto tempo me resta
Reflexa fresta entreaberta
Encoberta por sombras lilases

1 comentário:

  1. A sonoridade percorre todos os versos, inebriando-nos com a combinação harmoniosa dos sons das suas palavras (ou não seria o seu título uma “Melopeia”).
    resta/fresta/entreaberta/encoberta são as palavras-chave que nos transportam para essa dimensão melódica.
    Um trecho que vive bem mais do som do que da pretensão de conter uma mensagem.
    Ainda assim, encontramos uma mensagem-imagem nele: um tempo curto, incerto, que se reflecte na fresta de uma porta entreaberta, sendo que essa fresta se encontra “encoberta” de “sombras lilases” (e aqui a “sombra” escurece a claridade de um “lilás”, mas não o chega a acabrunhar, tornando-o apenas mais misterioso).
    Um poema que me transporta para uma pintura holandesa de interiores…
    ou para os interiores de uma Trine Søndergaard.

    C.M.

    ResponderEliminar